PSA é a sigla para Prostate-Specific Antigens, ou antígenos específicos da próstata em português. Esses antígenos tratam-se de moléculas produzidas por essa glândula, inclusive quando ela está saudável. O que muda, na verdade, é a quantidade de PSA em circulação quando algum homem apresenta um câncer de próstata, por exemplo. Daí veio a ideia dos especialistas: fazer um exame para medir a concentração dessa partícula no sangue para verificar a presença do câncer de próstata e de outras doenças.